20 outubro , 2023

Mercado securitário: tempo de brindar os bons resultados

Mercado securitário: tempo de brindar os bons resultados

Por Tarcilla Pereira Faria – OAB/GO: 31.299

Advogada. Sócia da Jacó Coelho Advogados. Graduação em Direito, Universidade Alves Faria (ALFA); MBA em Gestão Jurídica do Seguro e Resseguro, Escola Nacional de Seguros (FUNENSEG); Especialização em Civil e Processo Civil, Atame.

 

Outubro é um mês de celebração para o mercado de seguros. No dia 12, é comemorado o Dia do Corretor de Seguros e na terceira segunda-feira do mês, 16 de outubro, temos o Dia do Securitário. Duas datas importantes que reconhecem os profissionais que movimentam o setor e que são peças fundamentais para o seu constante crescimento. Especialistas qualificados e criteriosos resultam em maior quantidade de apólices comercializadas e, principalmente, mais vidas protegidas e bens resguardados.

Se analisarmos os números do mercado securitário, perceberemos, com facilidade, sua crescente expansão. Segundo a Superintendência de Seguros Privados (Susep), a arrecadação do setor supervisionado no acumulado até agosto de 2023 foi de R$ 253,77 bilhões, representando uma alta de 8,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Nos seguros de pessoas, o seguro de vida atingiu em agosto de 2023 o total acumulado de R$ 19,45 bilhões, valor que representa uma alta de 11,3% em relação ao mesmo período de 2022.

Para 2024, os números também são animadores. A Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) afirma que a expectativa é de um crescimento robusto de 10,9% do mercado. Dados que traduzem o cuidado da população em buscar mecanismos de segurança e viabilidade financeira perante riscos imprevistos. A injeção financeira do setor na economia brasileira é, ainda, uma força estável para o país que favorece os investimentos. À medida que os desafios e oportunidades aparecem, o mercado securitário continua a desempenhar um papel vital graças à dedicação de pessoas.

Os securitários são todos os profissionais do mercado de seguros que fazem a máquina girar. Dentre eles, estão os corretores de seguros, que são os responsáveis pela comercialização e gestão de apólices de seguros. Seus trabalhos englobam o levantamento das necessidades do segurado, avaliando seu perfil de risco, e intermediando o elo com a seguradora. São os corretores que auxiliam na contratação, renovação e gestão dos contratos assinados. Somam ao time dos securitários os analistas, os reguladores e os advogados do Direito Securitário.

O advogado securitário atua na defesa dos interesses tanto dos segurados quanto das seguradoras, pessoas físicas ou jurídicas, com o objetivo de preservar os danos e abusos, baseados na Lei de Seguros, Código Civil e Código de Defesa do Consumidor. É a assessoria jurídica que irá realizar aconselhamentos e impedir que injustiças sejam cometidas em face do segurado e/ou seguradora, buscando caminhos de conciliação e justiça.

Sentir-se seguro é um objetivo comum a todos. Na caminhada da contratação de seguros, sejam eles de vida, automotivos, residenciais, de acidentes, viagens, dentre tantos outros, é oportuno que o time envolvido seja de extrema confiança, transparência e responsabilidade. Entender as demandas de cada pessoa e de sua família é a ponte para alcançar maior previsibilidade e proteção.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Leia mais publicações

Screenshot 2024-02-22 at 17-13-54 Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos vulnerabilidade ou autonomia - Rota Jurídica

Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos: vulnerabilidade ou autonomia?

Screenshot 2024-02-22 at 17-11-10 Locação de imóveis por airbnb até que ponto vai restrição condomínio - Migalhas

Locação de imóveis por Airbnb: até que ponto vai o poder de restrição do condomínio?

Screenshot 2024-02-22 at 17-08-36 Redução de jornada de trabalho sem perda financeira - Migalhas

Redução de jornada de trabalho sem perda financeira pode ser uma realidade no Brasil?

Locação de imóveis por Airbnb

Locação de imóveis por Airbnb: até que ponto vai o poder de restrição do condomínio?

Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos: vulnerabilidade ou autonomia?

Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos: vulnerabilidade ou autonomia?

Captura de Tela 2024-02-09 às 08.48.25

Carla Freitas ao vivo no jornal da Puc Tv

Acompanhe-nos no instagram

Esta mensagem de erro é visível apenas para administradores do WordPress

Erro: nenhum feed com a ID 1 foi encontrado.

Vá para a página de configurações do Instagram Feed para criar um feed.