27 setembro , 2023

As consequências da transição de carreira: vale a pena procurar uma nova qualificação?

As consequências da transição de carreira

Por Alessandra Xavier de Oliveira Coelho

Advogada. Sócia e Diretora Administrativa da Jacó Coelho Advogados. Licenciada em Pedagogia. Pós-Graduação em Formação de Professores pela Pontifícia Universidade Católica de Goiânia (PUC-GO). MBA de Gestão Jurídica de Seguros e Resseguros. MBA em Liderança Integral e Gestão Organizacional – Franklin Covey, Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia (IPOG-GO).

 

A busca pelo prazer e pelo equilíbrio da vida profissional e pessoal, o surgimento de novas profissões e o desejo pela autonomia e melhor remuneração são motivos relevantes que têm impulsionado centenas de brasileiros a realizarem uma transição de carreira. Segundo pesquisa realizada pelo LinkedIn, maior rede social profissional do mundo, cerca de 60% das pessoas possuem interesse em mudar de trabalho no mundo, em 2023, sendo que 14% destes querem transitar em sua carreira. É preciso cuidado e sabedoria na tomada de decisão, pois deixar um emprego sólido gera grandes consequências. Afinal, toda mudança exige planejamento, capacitação e autoconfiança.

Costumo dizer que os bons profissionais são escolhidos para atuarem em determinado emprego e colocação. Não são eles quem escolhem a profissão a seguir, mas a profissão quem os escolhe. Pode parecer piegas, mas é uma grande verdade, pois existe nesta relação uma identificação. Um profissional para ter sucesso em sua carreira, além de ser altamente capacitado, deve se identificar com aquilo que faz, encontrando prazer em seu labor diário. Se em algum momento a felicidade deixou de existir no ambiente profissional, talvez seja a hora de virar a chave.

Em primeiro lugar, para transitar uma carreira, a pessoa deve entender o motivo pelo qual ela está querendo esta mudança. Será mesmo que ela quer alterar sua profissão ou apenas está insatisfeita com a cultura organizacional da empresa ou nas demandas específicas de sua área de atuação? Acredito que transições de carreira bem-sucedidas são feitas por aquelas pessoas que já tinham sucesso em seus trabalhos e por opção própria, bem avaliada e planejada, optaram pela renovação. Em caso contrário, é bem possível que, junto com a transição, venha a frustração.

Ainda que este profissional tenha um emprego sólido e uma carreira reconhecida, se a decisão for feita de forma consciente e determinada, a transição já começa a ser realizada de forma satisfatória. Neste processo, é preciso identificar as boas oportunidades, entender, em um processo profundo de autoconhecimento, quais são os talentos e pontos fortes que abrirão as portas de uma nova qualificação. Importante considerar que todo o conhecimento da primeira carreira será muito bem-vindo e essencial para o trabalho futuro.

Entre deixar a carreira consolidada e transitar em uma nova área, é imprescindível um planejamento financeiro. É muito comum que neste processo, a pessoa passe por um período não remunerado ou comece em cargos inferiores dentro da nova profissão. Após escolhida a nova trajetória, o passo é a capacitação. Fundamental acrescentar à bagagem os novos conhecimentos, técnicas e práticas daquilo que se deseja profissionalizar. Estudar, investir em cursos especializados e fazer networking são dicas valiosas.

É muito comum que um profissional adie esta transição por receio de não conseguir um reconhecimento na nova área de atuação. Mas é necessário coragem, trabalho duro e perseverança para conquistar aquilo que se deseja. Entenda: a um bom profissional nunca faltará uma boa oportunidade. O mercado de trabalho está com sede de profissionais capacitados, amantes de suas profissões, que estão dispostos a entregar o seu melhor, com expertise e paixão.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Leia mais publicações

Screenshot 2024-02-22 at 17-13-54 Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos vulnerabilidade ou autonomia - Rota Jurídica

Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos: vulnerabilidade ou autonomia?

Screenshot 2024-02-22 at 17-11-10 Locação de imóveis por airbnb até que ponto vai restrição condomínio - Migalhas

Locação de imóveis por Airbnb: até que ponto vai o poder de restrição do condomínio?

Screenshot 2024-02-22 at 17-08-36 Redução de jornada de trabalho sem perda financeira - Migalhas

Redução de jornada de trabalho sem perda financeira pode ser uma realidade no Brasil?

Locação de imóveis por Airbnb

Locação de imóveis por Airbnb: até que ponto vai o poder de restrição do condomínio?

Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos: vulnerabilidade ou autonomia?

Escolha do regime de bens para maiores de 70 anos: vulnerabilidade ou autonomia?

Captura de Tela 2024-02-09 às 08.48.25

Carla Freitas ao vivo no jornal da Puc Tv

Acompanhe-nos no instagram

Esta mensagem de erro é visível apenas para administradores do WordPress

Erro: nenhum feed com a ID 1 foi encontrado.

Vá para a página de configurações do Instagram Feed para criar um feed.